Leão Sayeg - O Leão visionário

Leão Sayeg, original de Alepo, Síria, desembarcou no Brasil em 1912 aos 19 anos e trouxe no nome o ofício da família, joalheiro (na Síria o sobrenome Sayeg provem de uma família que se dedicava à ourivesaria e fundição de ouro).

Leão Sayeg passa a atuar como joalheiro e comerciante de joias assim que se instala na cidade de São Paulo, mesmo antes de ter um ponto comercial.

Em 1918, em parceria com Setrak Naccache, abriu a Sayeg e Naccache, sua primeira loja e oficina, na Rua Florêncio de Abreu, que se manteve até o final dos anos 20.

O Diamante era sua especialidade, comprava a matéria-prima e criava com ela. Tudo era feito à mão na Casa Leão, como é feito ainda hoje.

No ano de 1924 ele se casou com Genny Abdo Jorge. Eles foram o alicerce, no Brasil, de uma família que se orgulha de uma tradição joalheira centenária.

Em 1942 o profissional liberal deu lugar ao empresário. Após alguns anos trabalhando como autônomo, o joalheiro abriu outra loja, já com o nome de Casa Leão Joalheria, na Rua Dr. Miguel Couto.

Leão Sayeg deixou um legado de competência e luxo que permanece na base de seu empreendimento, seja pela atuação de seu filho Ivan Leão Sayeg ou nas mãos de sua neta, Lydia Leão Sayeg.


© Casa Leão Joalheria. Todos os direitos reservados